Personagens de tiras cômicas: aquisição de linguagem no humor e na ficção

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-1904-5

Palavras-chave:

Aquisição da Linguagem, Ficção, Tiras cômicas, Humor,

Resumo

Este artigo analisa, em consonância com os estudos interacionistas da área de Aquisição da Linguagem, a fala de personagens infantis de tiras cômicas. Entre outros aspectos analisa a verossimilhança dessas falas e argumenta sobre a necessidade de relacionar os dados oriundos da ficção com dados já colhidos por pesquisadores da área, se a esses dados fictícios quiser se recorrer como material de trabalho. Por outro lado, aborda os dados (as tiras) como um relevante material para se observar como se representam, na ficção, a própria fala da criança e os efeitos que ela produz nos seus interlocutores, dado o fato que as tiras são textos produzidos por autores adultos que de alguma forma devem tornar verossímil a fala infantil. Observando que as tiras são textos produzidos para obter algum efeito de humor, o artigo argumenta, ainda, que o efeito de humor produzido pelas tiras não se relaciona ou relaciona-se muito sutilmente com o efeito cômico produzido por algumas falas reais de crianças.

Biografia do Autor

Marcio Antônio Gatti, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Centro de Ciências Humanas e Biológicas, Sorocaba - SP – Brasil.

Professor do Departamento de Ciências Humans e Educação da UFSCar. Linguista e analista do discurso, com ênfase em análise do discurso humorístico

Publicado

15/04/2019

Edição

Seção

Artigos Originais