Sistema Ramos: método para captura multimodal de processos de escritura a dois no tempo e no espaço real da sala de aula

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e11705

Palavras-chave:

Produção textual, Escrita colaborativa, Diálogo, Aprendizagem, Pausa, Criatividade, Autoria,

Resumo

Um grande número de estudos sobre processos de escritura em tempo real usa métodos e técnicas para coleta de dados, sob condições metodológicas experimentais. Este artigo apresenta um sistema de captura multimodal (visual, sonora e escrita), capaz de oferecer ao pesquisador informações simultâneas do processo de escritura no tempo e espaço da sala de aula (contexto ecológico e didático). O registro visual é feito através de câmeras de vídeo, capturando o contexto da sala de aula e a interação entre alunos e professor; o registro sonoro é feito através de gravadores digitais e microfones, capturando a fala espontânea dos alunos escreventes e o diálogo entre os participantes; o registro escrito é feito através de uma caneta inteligente e do programa HandSpy, capturando o traço da tinta na folha de papel. Descrevemos cada um desses instrumentos, o modo como eles são utilizados e a técnica de sincronização, gerando uma única mídia (filme-sincronizado). Para ilustrar como funciona o Sistema Ramos, sua importância e as vantagens que oferece para entendermos melhor o processo de produção textual (gênese textual) em contexto didático e ecológico, apresentamos uma análise qualitativa e microgenética de pausas espontâneas feitas por uma dupla de alunos (9 anos) enquanto escrevia uma história inventada.

Biografia do Autor

Eduardo Calil, Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Laboratório do Manuscrito Escolar (LAME), Maceió – AL - Brasil.

Universidade Federal de Alagoas

Programa de Pós Graduação em Letras e Linguística

Programa de Pós Graduação em Educação

Publicado

28/10/2020

Edição

Seção

Artigos Originais