Consoantes róticas duplas em contexto intervocálico

estudo da possibilidade de geminação na época arcaica do português

Autores

  • Débora Aparecida dos Reis Justo Barreto Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara - SP, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-3788-7429
  • Gladis Massini-Cagliari Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara - SP, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4050-7645

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e12863

Palavras-chave:

Português arcaico, estrutura silábica, geminação, cantigas medievais galego-portuguesas, consoantes róticas

Resumo

O objetivo deste artigo consiste em estudar os fenômenos fonológicos do português falado na etapa trovadoresca, investigando especificamente as consoantes róticas presentes em 250 poemas medievais galego-portugueses. Nosso propósito é o de verificar se, naquela época da língua, havia dois fonemas róticos em oposição, ou se, do ponto de vista fonológico, o som intervocálico geralmente representado por <rr> poderia ser interpretado como sendo uma variante geminada do usualmente grafado como <r>. A análise da amostragem foi feita a partir dos modelos fonológicos não-lineares. O método eleito se embasa na observação da possibilidade de variação na escrita das vibrantes, a fim de determinar as relações existentes entre letras e fonemas, e no estudo do comportamento fonológico de <rr> no interior da sílaba e do vocábulo. Os casos demonstraram que, entre vogais, a rótica dobrada preenche dois contextos temporais na organização interna da sílaba. Reconhecemos a existência de apenas um fonema rótico no PA, o r-fraco, que, foneticamente, apresenta duas variantes, uma simples, retratada nos cancioneiros por um ou dois grafemas (<r>/<rr>), e uma geminada, de representação dupla (<rr>).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora Aparecida dos Reis Justo Barreto, Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara - SP, Brasil.

Graduada em Letras (bacharelado e licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, UNESP (ano de conclusão: 2016). Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela mesma instituição (ano de conclusão: 2019). Atualmente, cursa Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa (no mesmo Programa de Pós-graduação). É integrante do grupo de pesquisa Fonologia do Português: Arcaico e Brasileiro desde 2014, sob coordenação da Profa. Dra. Gladis Massini-Cagliari.

Gladis Massini-Cagliari, Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara - SP, Brasil.

É Bacharel e Licenciada em Letras pelo Instituto de Estudos da Linguagem, Unicamp (1987), onde cursou também o Mestrado e o Doutorado em Linguística. Concluiu o Mestrado em 1991 e o Doutorado, em 1995. Fez Pós-Doutorado na University of Oxford, em 2002-2003. Em 2005, obteve a Livre-Docência em Fonologia, no Departamento de Lingüística, Faculdade de Ciências e Letras, UNESP, Campus de Araraquara, onde exerce atualmente a função de Professor Titular (concurso realizado em outubro de 2015). Suas atividades incluem a atuação como: coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP-Araraquara, de 2004 a 2007; Vice-Presidente do Grupo de Estudos Lingüísticos do Estado de São Paulo (biênio 2005-2007) e editora da revista Estudos Linguísticos (2005-2007); membro do Comitê de Avaliação da Capes, área de Letras e Lingüística (2005-2010); coordenadora do Grupo de Trabalho em Estudos Medievais da ANPOLL - Associação de Pesquisa e Pós-Graduação em Letras e Linguística, de agosto de 2008 a julho de 2012; co-editora da revista Alfa (A1) (2012-2016). É coordenadora do Grupo de Pesquisa Fonologia do Português: Arcaico & Brasileiro. Atua como membro do Comitê Assessor da área de Letras e Linguística (CA-LL) do CNPq (2016-2019). É autora de 6 livros e organizadora de outros 7, tendo publicado diversos artigos em periódicos, capítulos de livros e textos completos em anais, no Brasil e no exterior, nas áreas de Linguística Histórica, Fonologia, Alfabetização. Sua pesquisa está concentrada principalmente na busca de pistas nos registros das cantigas medievais profanas e religiosas que permitam vislumbrar a história do ritmo e da prosódia do português, de suas origens até os dias de hoje. Atualmente, é Pró-Reitora de Graduação da UNESP (gestão 2017-2021).

Publicado

11/08/2022

Como Citar

BARRETO, D. A. dos R. J.; MASSINI-CAGLIARI, G. Consoantes róticas duplas em contexto intervocálico: estudo da possibilidade de geminação na época arcaica do português. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e12863. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/12863. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais