O desenvolvimento da consciência sociolinguística e o sucesso no desempenho em leitura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e13027

Palavras-chave:

consciência sociolinguística, leitura em voz alta, compreensão em leitura

Resumo

Avaliações nacionais e internacionais mostram que o Brasil falha no ensino de leitura em todo o sistema escolar. Neste artigo defende-se que a explicação para o sucesso no aprendizado inicial da leitura de uma parte destes estudantes pode estar relacionada ao desenvolvimento da consciência sociolinguística. As taxas de variação de oito variáveis fonológicas (monotongação de -ow e de -aj, -ej, ditongação, apagamento de -R em coda em nomes e em verbos, apagamento de -d em -ndo, simplificação de cluster e vocalização da lateral palatal) em três diferentes contextos estilísticos (do menos para o mais monitorado: entrevista curta - tarefa de nomeação de figuras - tarefa de leitura em voz alta) coletados em uma sala de aula da 3ª série mostram uma relação gradual entre o aumento do monitoramento estilístico e o uso da variante padrão e efeito positivo no desempenho em um teste de compreensão em leitura. Esses resultados revelam que o desenvolvimento da consciência sociolinguística pode ser medido pela transposição da variante da fala para a leitura em voz alta, sugerindo a automatização no processo de decodificação por via lexical.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Meister Ko Freitag, Universidade Federal de Sergipe (UFS). São Cristóvão – SE - Brasil

Departamento de Letras Vernáculas

Publicado

17/08/2021

Como Citar

FREITAG, R. M. K. O desenvolvimento da consciência sociolinguística e o sucesso no desempenho em leitura. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 65, 2021. DOI: 10.1590/1981-5794-e13027. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/13027. Acesso em: 19 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos Originais