Nosso salvador não será uma mulher

comentários políticos em um canal oficial de um talk show no Youtube

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e13941

Palavras-chave:

linguística sistêmico-funcional, mulheres, avaliação, transitividade, léxico

Resumo

Este artigo tem como objetivo estudar a representação de quatro candidatos (dois homens e duas mulheres) nas últimas eleições presidenciais brasileiras em um corpus de comentários publicados online. os comentários foram postados como parte da recepção de uma série de entrevistas veiculadas e transmitidas pelo canal oficial do youtube por um programa de entrevistas entre aqueles com a melhor classificação em uma televisão pública brasileira. o referencial teórico é a gramática sistêmico-funcional. o software de raspagem de dados on-line coletou dados anonimamente. todos os comentários foram processados usando o software para gerenciamento de corpora, e os resultados quantitativos foram plotados utilizando aplicativos específicos. os resultados mostram que todos candidatos tendem a ser julgados por suas opções políticas (direita ou esquerda) e origem (região). todavia as mulheres também são julgadas por sua aparência física, sendo submetidas a comentários sexistas e sexualizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

15/02/2022

Como Citar

LIMA-LOPES, R. E. de . Nosso salvador não será uma mulher: comentários políticos em um canal oficial de um talk show no Youtube. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e13941. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/13941. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais