Variação linguística e pronúncia em cursos elementares de português como língua estrangeira

Autores

  • Ana Paula Huback Columbia University (CU). Departamento de Culturas Latino-Americanas e Ibéricas. Nova Iorque - NY - Estados Unidos da América. https://orcid.org/0000-0002-4467-2031

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e14025

Palavras-chave:

português como língua estrangeira, pronúncia em segunda língua, fonética e fonologia, livros didáticos de português como língua estrangeira

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir aspectos teóricos e práticos referentes ao ensino de pronúncia em cursos elementares de português como língua estrangeira (PLE). Primeiramente, apresentam-se argumentos que justificam por que a aprendizagem da pronúncia é importante em aulas de PLE. Posteriormente, com base em diversas pesquisas científicas, listam-se aspectos relevantes da pronúncia do português brasileiro (PB) que poderiam ser apresentados aos alunos de PLE. Finalmente, realizamos uma análise sobre como seis livros didáticos de PLE apresentam informações sobre o sistema fonético-fonológico do PB. Observamos tanto os conteúdos teóricos quanto os exercícios práticos sobre esse tema. Concluímos que existe discrepância na forma como os materiais didáticos abordam esse tópico: alguns não apresentam nenhuma informação sobre fonética e fonologia, outros mencionam correspondências entre grafemas e fonemas, enquanto outros, mais completos, oferecem explicações e exercícios que podem auxiliar o aluno na produção e percepção dos sons do PB. A partir dessa conexão entre que aspectos devemos ensinar sobre a pronúncia do PB e como os livros didáticos abordam esse tópico, argumenta-se, finalmente, que o ensino de pronúncia é fundamental para a formação e o letramento mais amplo de alunos de PLE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

11/08/2022

Como Citar

HUBACK, A. P. Variação linguística e pronúncia em cursos elementares de português como língua estrangeira. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e14025. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/14025. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais