Os paralelismos das línguas em contato

as relações interlinguísticas do spanglish e do portunhol

Autores

  • Cristian Tugues Rodríguez Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara - SP - Brasil. https://orcid.org/0000-0002-6710-8601
  • Odair Luiz Nadin Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara - SP - Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4655-0724
  • David Giménez-Folqués Universitat de València (UV) - Facultat de Filologia, Traducció i Comunicació. València – Espanha.

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e14459

Palavras-chave:

línguas em contacto, linguística comparada, spanglish, portunhol

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo estudar e argumentar uma possível relação existente entre as línguas em contato a partir de um enfoque comparativo entre o Spanglish dos Estados Unidos da América e o portunhol, principalmente na tríplice fronteira Paraguai, Argentina e Brasil. Assim, a partir dessa hipótese, se estudarão e observarão os diferentes recursos e mecanismos linguísticos de cada uma das duas modalidades e as possíveis relações interlinguísticas entre ambas, ou seja, quais processos predominam em cada uma e em que situações aparecem. Já que não existe uma gramática estabelecida sobre ambas as variedades (ENGHELS; VAN BELLEGHEM; VANDE CASTEELE, 2020), nos centraremos, especificamente, em observar a aparição e o funcionamento dos empréstimos léxicos (OTHEGUY, 2009) e as mudanças de código (MONTES-ALCALÁ, 2005; HAMMINK, 2000) no portunhol, baseando a pesquisa nos principais recursos extraídos do Spanglish na classificação de Tugues Rodríguez (2019). Dessa forma, para poder comparar e observar a correlação linguística das duas modalidades híbridas, pretendemos criar um corpus selecionando amostras da obra literária em portunhol Era uma vez en la Fronteira Selvagem (2019) do escritor brasileiro-paraguaio Douglas Diegues. O corpus a ser analisado servirá à coleta de todas aquelas amostras em portunhol e entender melhor todos os recursos e comparar essas amostras com os fundamentos teóricos do Spanglish. Por fim, os resultados da pesquisa responderão quais práticas linguísticas se encontram nas duas modalidades, quais recursos se consideram mais legítimos e argumentará a existência de um continuum de similitude entre o espanhol/português e o inglês/espanhol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristian Tugues Rodríguez, Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara - SP - Brasil.

Estudante do doutorado em estudos hispânicos avanzados na Universitat de València (Espanha) e professor leitor de espanhol na FCLAr/UNESP.

Publicado

03/05/2022

Como Citar

TUGUES RODRÍGUEZ, C.; NADIN, O. L. .; GIMÉNEZ-FOLQUÉS, D. . Os paralelismos das línguas em contato: as relações interlinguísticas do spanglish e do portunhol. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e14459. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/14459. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais