Revisitando o estatuto prosódico e morfológico de palavras prefixadas do PB numa perspectiva de restrições

Autores

  • Luiz Carlos Schwindt UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Porto Alegre - RS

Palavras-chave:

Palavra Prosódica, Prefixos, Sílaba,

Resumo

Neste artigo, discutimos o estatuto prosódico e morfológico de palavras prefixadas em português brasileiro, numa perspectiva de restrições. Defendemos a hipótese de que prefixos se organizam em três tipos de configuração prosódica: incorporados, adjuntos ou compostos à base a que se ligam. A partir dos processos de ressilabação, vozeamento intervocálico, epêntese e assimilação da nasal, sustentamos a idéia de que o alinhamento entre categorias prosódicas e certas condições de estruturação da sílaba estão sobrepostas às condições de dominância, como exaustividade e não-recursividade da PW.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10/06/2009

Como Citar

SCHWINDT, L. C. Revisitando o estatuto prosódico e morfológico de palavras prefixadas do PB numa perspectiva de restrições. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 52, n. 2, 2009. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/1524. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais