"Desvio de linguagem": descaminho científico

Autores

  • Márcio Thamos UNESP - Universidade Estadual Paulista/Araraquara - SP

Palavras-chave:

Desvio de linguagem, Linguagem científica, Linguagem poética, Norma da língua, Função poética,

Resumo

Embora seja uma ideia muito divulgada, considerar a poesia como “desvio de linguagem” é, do ponto de vista teórico, uma noção que não se sustenta. A ideia de “anomalia”, nesse caso, não é, na verdade, um conceito cientifi camente embasado senão uma metáfora do senso-comum aceita de modo denotado. As análises que admitem a “anormalidade” da fala poética como um postulado carecem de rigor metodológico e, portanto, não podem ser acolhidas pela linguística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

03/07/2009

Como Citar

THAMOS, M. "Desvio de linguagem": descaminho científico. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 53, n. 1, 2009. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/1679. Acesso em: 24 jul. 2021.

Edição

Seção

Artigos Originais