Variações prosódicas e mudanças discursivas em uma criança com distúrbio de linguagem

Autores

  • Thaís Firmo Carvalho
  • Lourenço Chacon
  • Leslie Piccolotto Ferreira

Palavras-chave:

Prosódia, Voz, Discurso, Distúrbios de linguagem,

Resumo

Com base na contribuição de estudos discursivos, a proposta do presente artigo é verifi car se variações prosódicas marcam distinções de planos no processo discursivo de uma criança de nove anos, com diagnóstico fonoaudiológico de distúrbio de linguagem. Enunciados com mudanças de planos do discurso foram extraídos de cinco sessões videogravadas de terapia fonoaudiológica. Três juízes, fonoaudiólogos especialistas em Voz, receberam transcrições e cópias em áudio dos enunciados selecionados, para que relatassem se percebiam, ou não, relações entre variações prosódicas e mudanças de planos discursivos. Nos casos de respostas positivas, foram orientados a explicitar quais aspectos prosódicos variavam nas distinções. Em 96,90% desses enunciados, os juízes observaram tais relações. Variações de intensidade e de velocidade marcaram encaixes de vozes de diferentes protagonistas do discurso; variações de frequência fundamental caracterizaram vozes de diferentes personagens representadas pela criança em situação de terapia. Encaixes de vozes da mesma criança, em diferentes situações enunciativo-discursivas, não foram marcados por mudanças prosódicas. Crianças com distúrbios de linguagem que não dominam a complexidade sintática da organização dos diferentes planos do discurso podem, portanto, marcá-las por meio de recursos prosódicos.

Downloads

Publicado

21/12/2010

Edição

Seção

Artigos Originais