Alceste: o heroísmo no sacrifício ou o sacrifício do heroísmo? (uma leitura da Alceste de Eurípedes)

Autores

  • Fernando Brandão dos Santos

Palavras-chave:

Alceste, tragédia grega, heroísmo feminino, sacrifício, campo de batalha, a casa, o quarto nupcial, o leito, o mundo dos mortos,

Resumo

O presente artigo tem por objetivo tentar levantar alguns problemas do texto Alceste de Eurípides, levado à cena por volta de 438 a.C. em Atenas. No estudo aqui estabelecido, tenta-se primeiramente verificar como se configura o herói no mundo grego (tendo como base os textos de Homero e os textos de Calino e TirtBu, poetas líricos); depois, verifica em que medida é possível considerar uma heroína a figura de Alceste na Alceste de Eurípides, ou seja, verifica como se confere este estatuto à mulher. Também se discute como a noção de sacrifício entra na noção de heroísmo, sobretudo na figuração heróica da mulher.

Downloads

Edição

Seção

Artigos Originais