Aspectos prosódicos da fala de sujeitos parkinsonianos

Elaine Cristina de Oliveira, Lourenço Chacon

Resumo


Problemas de prosódia na fala de parkinsonianos têm sido apontados nos estudos sobre parkinsonismo. Contudo, nesses estudos a prosódia é freqüentemente desvinculada dos fatores comunicativos da fala. O propósito deste artigo foi investigar fatores comunicativos relacionados a aspectos prosódicos da fala de sujeitos com doença de Parkinson. As amostras 'de fala foram extraídas de conversas espontâneas de dois sujeitos parkinsonianos, do sexo masculino. A análise mostrou que os elementos prosódicos ocorreram em diversas combinações, possibilitando a identificação de: a) atos de fala; b) alguns aspectos da organização conversacional; e c) diferentes vozes no discurso. Foram destacadas algumas implicações desses resultados para uma melhor compreensão da atividade verbal em condições patológicas, bem como para avaliação, diagnóstico e terapia de parkinsonianos.


Palavras-chave


Fala; prosódia; doença de Parkinson; organização conversacional;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1981-5794