Discurso lexicográfico: as reedições do Dicionário da língua portuguesa de Morais

Autores

  • José Horta Nunes
  • Kátia Seligman

Palavras-chave:

Análise do discurso, dicionário, definição, lexicografia, língua portuguesa,

Resumo

Este artigo apresenta uma análise discursiva de uma amostragem de verbetes da primeira edição e de algumas das reedições do Dicionário da língua portuguesa, de António de Morais Silva (1789, 1813, 1831, 1844, 1858, 1877, 1889). A perspectiva teórica é a da Análise do Discurso de linha francesa, aliada ao campo da História das Idéias Lingüísticas. O corpus é formado de verbetes dos domínios de nomes de árvores, nomes de animais, nomes de partes do corpo, designações sociais, verbos de estado e movimento e verbos de ações sociais. Mostramos as transformações no discurso, as rupturas, os deslocamentos de sentido de uma edição a outra, explicitando a historicidade das definições e a configuração das formações discursivas.

Downloads

Edição

Seção

Artigos Originais