Movimento de <i>mise en mots</i> e produção de metáforas face ao desenho

Autores

  • Alessandra Del Ré

Palavras-chave:

Metáforas, crianças, aquisição de linguagem,

Resumo

Considerando que a linguagem é lugar de movimento, de surpresa, de deslocamento, descrever esse movimento discursivo significa mostrar o que se passa quando uma criança fala, em posição segunda de algo que acaba de ser dito por outras crianças, pelo adulto ou por ela mesma. Qualquer que seja sua forma, esse segundo enunciado constitui uma mise en mots, ou seja, uma esquematização que opera uma modificação no pré-dado (pré-donné). Tendo isso em vista, realizamos um estudo com dez crianças entre 4 e 6 anos, da Creche Oeste da Universidade de São Paulo. Tal pesquisa procurou observar, entre outras coisas, a mise en mots e a produção de metáforas/deslocamentos diante dos desenhos feitos por elas. Com base no que foi exposto, analisaremos essa mise en mots levando em conta que, no caso do desenho, pode-se falar do objeto desenhado ou do que se vê através dele.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Edição

Seção

Artigos Originais