Condições de produtividade e condições de produção: uma análise das formas X-eiro no português do Brasil

Autores

  • Carlos Alexandre V. Gonçalves
  • Lilian Coutinho Yakovenco
  • Raquel G. Romankevicius Costa

Palavras-chave:

Morfologia derivacional, produtividade, sufixo -eiro, regras de formação de palavras,

Resumo

Neste artigo, analisamos as construções X-eiro no português do Brasil, tomando por base os pressupostos teórico-metodológicos da Morfologia Derivacional (Aronoff, 1976; Basílio, 1980, entre outros). Nosso principal objetivo é levantar o potencial de produtividade de sufixo -eiro, propondo, para tanto, regras de formação de palavras e regras de análise de estrutura que dêem conta da formação de substantivos agentivos locativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

GONÇALVES, C. A. V.; YAKOVENCO, L. C.; COSTA, R. G. R. Condições de produtividade e condições de produção: uma análise das formas X-eiro no português do Brasil. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 42, n. 1, 2001. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/4267. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais