O parâmetro da linearidade em sintagmas nominais produzidos por crianças durante a aquisição do português como segunda língua

Autores

  • Sebastião Carlos Leite Gonçalves

Palavras-chave:

Aquisição de L2, transferência, parâmetro da linearidade,

Resumo

O propósito deste trabalho é apresentar um estudo do início daaquisição do português como segunda língua por três crianças de umacomunidade de nipo-brasileiros do Brasil. Até a idade escolar, fase em quecomeça a aquisição do português, estas crianças falam unicamente o japonêscomo língua materna. Com base no modelo de princípios e parâmetrosda teoria da gramática gerativa (Chomsky, 1981), foi tomado comoobjeto de estudo um fenômeno sintático que diferencia o japonês do português:o parâmetro da linearidade (isto é, ordem das palavras), o qual estabelecepara o japonês o núcleo sintagmático em posição final (head-last) epara o português, em posição inicial (head-first). Valendo-me dos estudossobre language transfer (Odlin, 1989), mostro que, nesta fase da aquisição,as crianças, na produção de sintagmas nominais (NP -> N + complemento),transferem o parâmetro head-last do japonês para o português. As evidênciasmostradas neste trabalho contrariam alguns estudos que negam aexistência de transfer (Dulay & Burt, 1974; Dulay et al., 1982), sobretudono nível sintático (Felix, 1978; Genesee et al., 1995; Paradis & Genesee,1996).

Downloads

Edição

Seção

Artigos Originais