Um amor de Ovídio: uma leitura estilístico-semiótica

Autores

  • Everton da Silva Natividade

Palavras-chave:

Amor, ódio, resignação, cedência, paixão, pragmático, tímico-cognitivo,

Resumo

Este artigo propõe uma leitura estilístico-semiótica do poema III, 11 do livro Amores, de Ovídio, do qual damos o texto original e uma tradução nossa. Procuramos levantar as tensões,no nível profundo, que norteiam a construção do nível discursivo, observando a construção dasuperfície textual que tais tensões acarretam. Como conclusão, esboçamos notas semântico-lexicais, segundo o modelo proposto por Greimas em De la colère, por meio do lexema "resignação",cujos semas cobrem, como defendemos, o resultado da construção do discurso sob análise.

Downloads

Edição

Seção

Artigos Originais