Selective transfer in the acquisition of english double object constrctions by brazilian learners

Autores

  • Júlia Vidigal Zara UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Letras. Belo Horizonte - MG - Brasil.
  • Fernando Luiz Pereira de Oliveira UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto. Instituto de Ciências Exatas e Biológicas – Departamento de Estatística. Ouro Preto - MG - Brasil.
  • Ricardo Augusto de Souza UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Letras. Belo Horizonte - MG - Brasil.

Palavras-chave:

Cross-linguistic influence, Selective transfer, Double object constructions, Bilingualism,

Resumo

The present study investigates the acquisition of the English double object constructions (GOLDBERG, 1995) by Brazilian learners. We hypothesize that, due to first language (L1) influences, the prepositional ditransitive construction (John gave a book to Mary) will be acquired earlier, while the ditransitive construction (John gave Mary a book) will be part of the learner’s interlanguages (SELINKER, 1972) only at the advanced level of proficiency. We also hypothesize that learners may transfer (ODLIN, 1989) the placement of the object pronoun in pre-verbal position from their L1 to their interlanguage in early stages of acquisition (João me deu um livro / *John me gave a book). We test our hypotheses by comparing the performance of three groups of learners (beginning, intermediate, and advanced) and native speakers of English on an acceptability judgment task used as a measure of learnability and generalization. Results confirm the order of acquisition of the English double object constructions predicted for native speakers of Brazilian Portuguese. Moreover, results suggest that, although mother tongue influences may have taken place, they do not do so pervasively, but rather selectively, corroborating the proposal by Kellerman (1983).

Biografia do Autor

Júlia Vidigal Zara, UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Letras. Belo Horizonte - MG - Brasil.

Graduada em Letras pela Universidade Federal de Viçosa (2005) e Mestre em Lingüística Aplicada pelo Poslin/UFMG (2009). Atualmente faz Doutorado na UFMG, inserida na linha de pesquisa Estudos Linguísticos Baseados em Corpora. É bolsita CAPES/REUNI, lecionando disciplinas da área de língua inglesa para a gradução sob a orientação de uma Professora tutora.

Fernando Luiz Pereira de Oliveira, UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto. Instituto de Ciências Exatas e Biológicas – Departamento de Estatística. Ouro Preto - MG - Brasil.

Doutor em Estatística pela Universidade Federal de Minas Gerais (2011). Mestre em Estatística pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007). Possui graduação em Estastística pela Universidade Federal de Minas Gerais (2004). É professor Adjunto Nível I da Universidade Federal de Ouro Preto. Foi professor de instituições de ensino superior como a Universidade Federal de Minas Gerais onde lecionou no Departamento de Estatística, Ibmec - MG e Centro Universitário UNA. Revisor dos periódicos Environmental and Ecological Statistics e International Journal of Geographical Information Science. Tem experiência na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Probabilidade e Estatística Aplicadas, Estatística Industrial e Detecção de Clusters Geográficos. Atuando principalmente nos seguintes temas: Controle de Qualidade. Índices de capacidade para processos multivariados autocorrelacionados. Confiabilidade. Detecção de Cluster.

Ricardo Augusto de Souza, UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Letras. Belo Horizonte - MG - Brasil.

Possui bacharelado em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993), assim como mestrado em Estudos Linguísticos (2000) e doutorado em Linguística Aplicada (2003), ambos pela Faculdade de Letras da mesma universidade. Durante o doutoramento, realizou estágio de um ano no Department of Linguistics and Applied Linguistics da University of Melbourne, na Austrália. Entre 1 março de 2011 e 29 de fevereiro de 2012, realizou pós-doutorado no Department of Linguistics and Communication Disorders do Queens College of the City University of New York, nos Estados Unidos, com pesquisa na área de Psicolinguística Experimental. Atualmente é Professor Associado de Língua Inglesa da Universidade Federal de Minas Gerais e docente do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da mesma instituição. Tem experiência na área de Linguística e Linguística Aplicada, sendo sua atuação de ensino e pesquisa centrada em torno dos seguintes temas: processamento linguístico de interfaces entre semântica, sintaxe e fonologia por bilíngues; desenvolvimento de representações de gramáticas de línguas não maternas; investigação de experiências multilíngues e usos de línguas não maternas mediados por tecnologias da informação e da comunicação.

Downloads

Publicado

28/08/2013

Edição

Seção

Artigos Originais