Logos, Ethos e Pathos: “três lados” da mesma moeda

Autores

  • Melliandro Mendes Galinari UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto. Instituto de Ciências Humanas e Sociais – Departamento de Letras. Mariana – MG – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-1405-1

Palavras-chave:

Análise do Discurso, Sofística, Argumentação, Logos, Ethos, Pathos,

Resumo

Este artigo possui o objetivo de construir uma reflexão sobre a inter-relação das provas retóricas – logos, ethos e pathos – no âmbito disciplinar da Análise do Discurso, dialogando com a tradição retórica, com a Sofística e com autores modernos que se ocupam do assunto, tais como Ruth Amossy, Michel Meyer, Christian Plantin e outros. Para tanto, parte-se do pressuposto de que, mais do que categorias estáveis e demarcáveis teoricamente, as provas retóricas são três dimensões ou “ângulos” de um mesmo discurso ou, em outros termos, três ferramentas ou “chaves de leitura” disponíveis à sua interpretação e à especulação de seus efeitos possíveis. Como são escassas análises discursivas aptas a ilustrar/demonstrar tais postulados teóricos, o artigo contém, além de uma primeira parte, destinada a uma reflexão teórica, uma segunda parte reservada exclusivamente à análise de um discurso de caráter político que circulou no Brasil no ano de 2010, num momento anterior às eleições presidenciais.

Biografia do Autor

Melliandro Mendes Galinari, UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto. Instituto de Ciências Humanas e Sociais – Departamento de Letras. Mariana – MG – Brasil.

Melliandro Mende Galinari é Professor Adjunto de Língua Portuguesa no Departamento de Letras da Universidade Federal de Ouro Preto, sediado no Instituto de Ciências Humanas e Sociais da UFOP, na cidade de Mariana - MG.

Downloads

Publicado

20/05/2014

Edição

Seção

Artigos Originais