Uma microanálise de cartas oficiais Norte-Rio-Grandenses

Autores

  • Felipe Morais de Melo IFRN - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Redinha - Natal - Rio Grande do Norte - Brasil. 59122-060
  • Maria Hozanete Alves de Lima UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Departamento de Letras. Natal - Rio Grande do Norte – Brasil. 59090-050

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-1604-3

Palavras-chave:

Variação e mudança, Tradições discursivas, Cartas oficiais norte-riograndenses, Corpus diacrônico,

Resumo

Entre variação e mudança, como sabemos, não só as línguas, mas os textos, com suas estruturas, também sofrem mudanças ao longo do tempo. Este artigo tem como objetivo analisar mudanças textuais observadas em cartas dos séculos XVIII, XIX e XX. Esses documentos integram o corpus denominado cartas oficiais norte-rio-grandenses, ligado ao projeto regional História do Português Brasileiro no Rio Grande do Norte (PHPB-RN) e ao projeto nacional Para a História do Português Brasileiro – PHPB. Realizamos uma microanálise sobre essas cartas, partindo das ideias de base coseriana advindas dos estudos sobre as Tradições Discursivas (KOCH, 1997; KABATEK, 2006), dentre as quais a de que os textos se configuram de modo a seguirem suas próprias tradições (COSERIU, 2007). Após uma breve incursão sobre a natureza do gênero “carta”, no que respeita à sua macroestrutura, concentramos nossa atenção na microestrutura clausula (fecho). Em nosso percurso, observamos que as dinâmicas textuais constituídas nos documentos analisados refletiam, de modo significativo, processos de mudança nas dinâmicas sociais.

Biografia do Autor

Felipe Morais de Melo, IFRN - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Redinha - Natal - Rio Grande do Norte - Brasil. 59122-060

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Mestrado e doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem (PPgEL); Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Áreas de interesse: Teorias linguísticas; História da Língua Portuguesa; História da escrita.

Maria Hozanete Alves de Lima, UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Departamento de Letras. Natal - Rio Grande do Norte – Brasil. 59090-050

DOUTORADO EM EM LINGUÍSTICA.

PROFESSORA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS DA LINGUAGEMIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

Áreas de interesse: Teorias linguísticas; História da Língua Portuguesa; Processos de escritura.

Publicado

25/04/2016

Edição

Seção

Artigos Originais