Uma implementação computacional de construções verbais perifrásticas em francês

Autores

  • Leonel Figueiredo de Alencar Universidade Federal do Ceará (UFC), Fortaleza – CE

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-1709-5

Palavras-chave:

Linguística computacional, Análise sintática automática profunda, Gramática léxico-funcional, LFG/XLE, Morfologia de estados finitos, Perífrases verbais em francês, Voz passiva,

Resumo

Este artigo descreve o tratamento da passiva e do passado composto na FrGramm, uma gramática computacional do francês implementada na Gramática Léxico-Funcional (LFG) usando o software XLE. Devido à dualidade de auxiliares e concordância do particípio passado (PTPST), a segunda perífrase exibe uma maior complexidade estrutural em francês do que em línguas como inglês e português, representando, consequentemente, um maior desafio à implementação computacional. Uma dificuldade adicional é a modelação das regularidades morfológicas e sintático-semânticas da passiva. A FrGramm resolve esse problema por meio de uma regra lexical produtiva. Também implementa as restrições que governam a formação das duas perífrases verbais, exceto a concordância do PTPST com o objeto direto. A implementação foi avaliada pela aplicação de um analisador sintático automático (parser) a 157 sentenças gramaticais e 279 construções agramaticais. Todas as sentenças do primeiro conjunto foram analisadas corretamente. Apenas duas construções do segundo que violam a precedência do auxiliar do passado composto sobre o da passiva foram analisadas como gramaticais. A FrGramm é a única gramática LFG do francês com essa cobertura atualmente disponibilizada livremente. Uma versão futura dará conta da concordância do PTPST com o objeto direto e evitará a hipergeração referida.

Biografia do Autor

Leonel Figueiredo de Alencar, Universidade Federal do Ceará (UFC), Fortaleza – CE

possui graduação em Português e Alemão pela Universidade Federal do Ceará (1991), especialização em Germanística pela Universität Freiburg (1993), mestrado em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (1997) e doutorado em Linguística Geral e Alemã pela Universität Konstanz, Alemanha (2003), onde também realizou pós-doutorado em 2013. Durante muitos anos, dedicou-se à semântica lexical e à valência verbal. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Ceará, atuando na pesquisa e no ensino de graduação e pós-graduação nas áreas de Língua Alemã, Linguística Geral e Linguística Computacional, com ênfase no processamento computacional da sintaxe e da morfologia, sob a perspectiva da Gramática Gerativa, especialmente de modelos não transformacionais como a LFG e HPSG. Interesses de pesquisa atuais: sintaxe computacional, linguística de corpus e morfologia de estados finitos. Coordenador do Grupo de Pesquisa Computação e Linguagem Natural CompLin.

Publicado

01/09/2017

Edição

Seção

Artigos Originais