Voltar aos Detalhes do Artigo Amorosidade, autopoiese e ‘com-versações’: a potência dos ‘entrelaços nós’ na educação e na ciência Baixar Baixar PDF