Voltar aos Detalhes do Artigo Poderá a modernidade educativa dizer-se sem Célestin Freinet? O uso da metáfora agrícola para se pensar em educação Baixar Baixar PDF