"Pan et la Syrinx" ou a arte poética de Jules Laforge

Andressa Cristina de Oliveira

Resumo


Jules Laforgue, poeta simbolista francês, escreveu uma obra em prosa, denominada Moralités Légendaires. Nela, faz paródia e ironia utilizando mitos que pertencem a diferentes tradições, para os dessacralizar. Em “Pan et la Syrinx”, ele usa os mesmos procedimentos para escrever o que seria seu projeto de “arte poética”.

Palavras-chave: Jules Laforgue. Simbolismo Francês. Paródia. Pã. Poética.

Palavras-chave


Jules Laforgue;Simbolismo Francês;Paródia;Pã;Poética

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 2526-2955