Reflexões sobre a ideologia: as lições de Pierre Bourdieu e Luc Boltanski

Simon Susen

Resumo


O propósito principal deste artigo é demonstrar a relevância duradoura do conceito de ideologia para a análise sociológica contemporânea. Com isso em vista, o artigo recorre aos argumentos centrais apresentados por Pierre Bourdieu e Luc Boltanski em “La production de l’idéologie dominante” [A produção da ideologia dominante]. As importantes contribuições teóricas dessa investigação têm sido, no entanto, amplamente ignoradas pelos sociólogos contemporâneos, mesmo por aqueles que se especializaram no estudo crítico da ideologia. Este artigo pretende preencher essa lacuna na literatura ao mostrar que lições úteis podem ser aprendidas a partir da investigação crítica de Bourdieu e Boltanski, a qual fornece insights cruciais acerca das características e funções principais das ideologias, incluindo as maneiras pelas quais elas se desenvolvem e operam nas sociedades capitalistas avançadas. O artigo é dividido em duas partes principais: a primeira parte examina vários aspectos universais da ideologia; a segunda parte procura lançar luz sobre diversos aspectos particulares da ideologia dominante. O artigo conclui argumentando que a tese do “fim da ideologia”, apesar de levantar questões sociológicas valiosas, é em última instância insustentável.

Palavras-chave


Boltanski; Bourdieu; Crítica; Ideologia dominante; Ideologia; Crítica da ideologia; Teoria social;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459