Gênese e desenvolvimento do campo cultural na sociedade do trabalho assalariado

João Valente Aguiar, Nádia Bastos

Resumo


Tomando em consideração a inserção da produção de significados nas sociedades hodiernas, neste artigo procurar-se-á definir algumas coordenadas centrais acerca da relação entre a produção cultural e ideológica e o modo de produção capitalista. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é duplo. Por um lado, dar conta de algumas propriedades estruturantes da ligação multidimensional e complexa entre a produção da vida social e as formas de consciência humana; por outro lado, apresentar e identificar coordenadas presentes na estruturação do campo cultural e ideológico como um espaço relativamente autônomo da vida social. Por outras palavras, não obscurecendo o que o liga ao conjunto de uma formação social e econômica e, simultaneamente, não obnubilando o que ele tem de particular e específico relativamente às restantes esferas do espaço social.

Palavras-chave


Trabalho; Cultura; Ideologia; Classes sociais;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459