Aquisição de segunda língua: o estado da arte da Libras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e11861

Palavras-chave:

Aquisição de segunda língua, Libras, Estado da arte

Resumo

O presente trabalho tem o objetivo de apresentar uma síntese dos produtos acadêmicos que se acomodam no campo aquisição de segunda língua (ASL) e que tratam da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Para tanto, faz um recorte temporal dos anos de 2008 até 2018, sumariza o quantitativo de produções, e apresenta brevemente o conteúdo das obras que estão disponibilizadas em catálogos virtuais. Na parte que aborda a expressão quantitativa, organiza as produções levando em conta o ano e os gêneros acadêmicos, bem como a distribuição de temas que são debatidos no campo da ASL em estudos envolvendo a Libras. Constata, enfim, que em 2016 e em 2018 houve o maior número de publicações, e essas tratam sobre políticas linguísticas. Na seção seguinte, os trabalhos estão sintetizados e são apresentados em cinco principais categorias, a saber: políticas linguísticas, a prática pedagógica para o ensino de Libras como segunda língua (L2), a aprendizagem da Libras como L2, a presença da Libras no cenário da educação básica e o professor de Libras como L2.

Biografia do Autor

Lidia da Silva, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Licenciatura em Letras Libras. Curitiba – PR - Brasil

Universidade Federal do Paraná (UFPR), Setor de Ciências Humanas (SCH), Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras Língua Brasileira de Sinais, Curitiba, Brasil 

lidiaufpr@gmail.com

Downloads

Publicado

09/11/2020

Edição

Seção

Artigos Originais