Compreensão leitora de alunos do ensino fundamental II

um estudo sobre desempenhos, utilizando diferentes tipos de tarefas e categorias inferenciais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e13554

Palavras-chave:

compreensão leitora, categoria inferencial das questões, ensino fundamental

Resumo

Essa pesquisa teve como objetivo examinar a compreensão leitora de alunos do Ensino Fundamental II em suas relações com o nível de escolaridade e as tarefas propostas. Os sujeitos da pesquisa foram 62 alunos do 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental II, de uma escola pública da cidade de Porto Alegre (RS/Brasil). A coleta de dados foi realizada utilizando Questionário, Verdadeiro ou Falso e Múltipla Escolha, com correspondência das questões entre os conteúdos e as categorias inferenciais, e Cloze. Cada sujeito respondeu a uma tarefa apenas, sendo essa distribuição realizada aleatoriamente em cada turma de alunos. Os dados coletados foram organizados e tratados estatisticamente, possibilitando a obtenção dos seguintes resultados: com relação ao nível de escolaridade, diferença significativa no desempenho em compreensão leitora (p=0,007), indicando progressão dos escores à medida do avanço da escolaridade; com relação ao tipo de tarefa, diferença significativa (p=0,003), com a tarefa de Múltipla Escolha apresentando a maior média (4,43), a tarefa de Verdadeiro ou Falso a menor média (2,60) e as tarefas de Questionário e Cloze médias intermediárias (3,29 e 3,28, respectivamente); com relação à categoria inferencial, evolução da capacidade de realizar inferências com o aumento do nível de escolaridade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Wannmacher Pereira, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre - RS - Brasil

Doutora em Letras (concentração em Linguística Aplicada) e pós-doutora em Psicolinguística. Docente titular e permanente do PPGL na Escola de Humanidades - Letras da PUCRS. Professora, pesquisadora, orientadora e coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Cognição, Cultura, Linguagens e Interfaces: ciência, arte e tecnologia – NUCCLIN (CNPq). Bolsista de Produtividade DT do CNPq. E-mail: vpereira@pucrs.br

Danielle Baretta, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre - RS - Brasil

Doutoranda em Linguística (PUCRS), é mestre em Linguística pela PUCRS (2017) e licenciada em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004). Possui especialização em Língua Portuguesa com ênfase em Multiletramentos pela Universidade Gama Filho (2013) e em Estudos Avançados em Língua Espanhola pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2005). Atualmente é professora do Colégio Militar de Porto Alegre (RS). Tem experiência na área de Letras, com ênfase no ensino de Língua Portuguesa e Espanhola. E-mail: daniellebaretta@hotmail.com

Caroline Bernardes Borges, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre - RS - Brasil

Doutoranda em Linguística (PUCRS – Bolsista integral CNPq), é mestre em Letras (Linguística) pela PUCRS (Bolsista integral CAPES/PROEX) e licenciada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e respectivas Literaturas) pela PUCRS. Membro dos grupos de pesquisa "Estudos Cognitivos e Culturais das Linguagens" (CNPq) e "Aquisição, aprendizado e processamento cognitivo da linguagem: instrumentos, procedimentos e tecnologias" (CNPq), que estão inseridos no Núcleo de Pesquisa em Cognição, Cultura, Linguagens e Interfaces: Ciência, Arte e Tecnologia, da PUCRS. E-mail: caroline.borges93@edu.pucrs.br

Publicado

09/02/2022

Como Citar

PEREIRA, V. W. .; BARETTA, D.; BORGES, C. B. . Compreensão leitora de alunos do ensino fundamental II: um estudo sobre desempenhos, utilizando diferentes tipos de tarefas e categorias inferenciais. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e13554. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/13554. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais