Formas sonoras e sentidos na aquisição da linguagem

a escuta como ocupação de lugar enunciativo

Autores

  • Carmem Luci da Costa Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Instituto de Letras. Porto Alegre – RS – Brasil https://orcid.org/0000-0002-6036-5285
  • Lourenço Chacon Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília – SP – Brasil https://orcid.org/0000-0001-8000-7672

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e13686

Palavras-chave:

aquisição da linguagem, enunciação, escuta, forma fônica, sentido

Resumo

Este estudo se inspira na reflexão de Barthes (1976) sobre escuta, em diálogo com a linguística proposta por Émile Benveniste e suas releituras, que consideram a perspectiva desse linguista como enunciativo-antropológica (DESSONS, 2006; FLORES, 2013). A integração dessas vozes teóricas possibilitou a formulação das seguintes questões: (1) como a criança, em suas vocalizações iniciais, preenche seu lugar enunciativo de escuta nas relações interlocutivas com o outro? (2) como, nesse lugar enunciativo de escuta, a criança circunscreve a relação entre formas fônicas e o sentido, em seu duplo aspecto, sistêmico e discursivo? Metodologicamente, o estudo vale-se de fatos longitudinais de linguagem de uma criança nos seus primeiros onze meses de vida, com a seleção de cenas enunciativas. Por meio da análise, chegou-se aos seguintes resultados: indícios da criança ocupando seu lugar de escuta de si e do outro por meio de um chamado à voz do outro, pela alternância entre produção de som e pausas na autoescuta, pelo modo como declara a sua posição de locutor-ouvinte e pela implantação de um interlocutor principal nas inversibilidades enunciativas de emissões e de escutas. Esse lugar enunciativo preenchido traz indícios de sentidos discursivos e embriões de sentidos sistêmicos às formas fônicas nas emissões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmem Luci da Costa Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Instituto de Letras. Porto Alegre – RS – Brasil

Professora e pesquisadora do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas e do Programa de Pós-Graduação em Letras na área de Estudos da Linguagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 

Lourenço Chacon, Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília – SP – Brasil

Professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos e do Programa de Pós-Graduação em Fonoaudiologia. Bolsista Pq/CNPq (Processo 307721/2017-5).

Publicado

22/06/2023

Como Citar

SILVA, C. L. da C.; CHACON, L. Formas sonoras e sentidos na aquisição da linguagem: a escuta como ocupação de lugar enunciativo. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 67, 2023. DOI: 10.1590/1981-5794-e13686. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/13686. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais