Da falsa harmonia à fala franca

as agressões verbais em campanhas eleitorais presidenciais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e13984

Palavras-chave:

discurso político, campanha eleitoral, agressividade, violência verbal, fala franca

Resumo

Este artigo, partindo dos pressupostos teóricos dos estudos do discurso, sob uma perspectiva foucaultiana, visa investigar o funcionamento e a possível intensificação da agressão verbal nas duas últimas campanhas eleitorais presidenciais ocorridas no Brasil nos anos de 2014 e de 2018, consideradas muito violentas pela percepção dos brasileiros. Para tal, ampara-se no conceito de acontecimento discursivo, que está estreitamente ligado às condições de emergência, uma vez que os enunciados são produzidos a partir de um regime de enunciabilidade. Esses enunciados estão inescapavelmente inscritos nos quadros históricos e sociais de sua constituição, a partir dos quais são examinados, considerando suas formulações e formas de circulação. Resultados indicam que, com base nos excertos analisados, extraídos de debates televisivos das campanhas eleitorais de 2014 e de 2018, a construção discursiva de uma falsa harmonia tende a expressar um equilíbrio nas relações polêmicas próprias do discurso político, em especial em situação de campanha eleitoral. A fala franca, por sua vez, sob a máscara da autenticidade, e, por extensão, do ser-verdadeiro, atua como uma estratégia do discurso político reveladora do discurso autoritário, vindo a obliterar a possibilidade de um jogo político pautado em trocas argumentativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanice Sargentini, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). São Carlos - SP - Brasil.

Bacharelado e Licenciatura em Letras (1985) na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Mestre (1991) e Doutora (1998) em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Pós-doutorado na Université Paris III - Sorbonne Nouvelle (2008). Atualmente é professora Sênior  da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e Professora visitante na Universidade Federal da Paraíba (PROLING / UFPB).  Tem experiência na área de Teoria e Análise Linguística, com ênfase em Análise do Discurso, atuando principalmente nos seguintes temas: reflexões epistemológicas e analíticas sobre análise do discurso, identidade, mídia e discurso político. Pesquisa na área das contribuições de M.Foucault aos estudos do discurso.

Geovana Chiari Reis, Universidade Federal de São CarlosUniversidade Federal de São Carlos (UFSCar). São Carlos - SP - Brasil.

Geovana Chiari é doutoranda (apoio Capes)  e mestre (2016 - apoio Fapesp) em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos. Desenvolve seu projeto no âmbito da Análise do Discurso de orientação francesa, tendo como foco a análise da agressividade no discurso político. Possui graduação em Letras: Português e Inglês pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) (2014). Durante a graduação, foi bolsista de iniciação científica do CNPq de 2010 a 2012 e bolsista da FAPESP em 2013, com os temas: discurso político, propaganda política eleitoral, sites, tendo como base a análise do discurso de orientação francesa. É membro do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar (LABOR/UFSCar). Cursou disciplinas do Mestrado 1 (2014) na Universidade de Picardie Jules Verne como bolsista de graduaçãosanduíche pelo Programa Philéas Accueil - Conseil régional de Picardie. Atua nos seguintes temas: análise do discurso político e midiático, propaganda eleitoral. No mestrado, dedicou-se aos estudos da agressividade no discurso político brasileiro, com financiamento da Fapesp.

Publicado

06/05/2022

Como Citar

SARGENTINI, V.; REIS, G. C. . Da falsa harmonia à fala franca: as agressões verbais em campanhas eleitorais presidenciais. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e13984. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/13984. Acesso em: 23 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais