A tessitura plurivocal do trabalho: efeitos monológicos e dialógicos em tensão

Autores

  • Maria da Glória Côrrea Di Fanti UCPel - Universidade Católica de Pelotas/RS ; UNISINOS - Universidade do Vale do Rio dos Sinos/São Leopoldo - RS

Palavras-chave:

Atividade de linguagem, Atividade de trabalho, Dialogismo, Monologismo, Gêneros do discurso/da atividade, Estilo, Plurivocidade,

Resumo

Temos o objetivo, neste artigo, de observar como a tensão entre efeitos monológicos e dialógicos se relaciona com gêneros do discurso/gêneros da atividade e revela singularidades de processos de produção de sentido no desenvolvimento do trabalho. Para tanto, partindo do dialogismo como princípio epistemológico de base, refletimos sobre a interdependência entre atividade de linguagem e de trabalho, buscando situar a posição assumida frente à análise do trabalho. A seguir, desenvolvemos notações sobre movimentos alteritários interdependentes efeitos monológicos e dialógicos – como constitutivos da produção discursiva e do desenvolvimento do trabalho. Na seqüência, trazemos para debate a questão dos gêneros do discurso/da atividade como meios híbridos de desenvolver o trabalho, que são estilizados em cada enunciação. No desenrolar da reflexão, analisamos um fragmento de uma situação laboral da esfera jurídico-trabalhista, procurando problematizar caminhos alteritários –relação com o outro – percorridos para que o trabalho se desenvolva.

Downloads

Publicado

18/05/2009

Edição

Seção

Artigos Originais