Ensino na era da pandemia

tecnologias no ensino da língua inglesa para surdos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e16402

Palavras-chave:

Pandemia, ensino de inglês, tecnologia, surdo

Resumo

O mundo enfrenta o maior desafio do século XXI desde março de 2020, quando as Instituições de Ensino no Brasil tiveram que interromper suas atividades em sala de aula, adotando o isolamento produtivo e o ensino remoto. Nessa perspectiva, sentimo-nos compelidos a produzir este trabalho qualitativo, de caráter bibliográfico, com o objetivo de traçar reflexões sobre as tecnologias no ensino de inglês para alunos surdos na Era Pandêmica. Os dados mostram que o mundo está mudando e um número considerável de professores e alunos está enfrentando alguns desafios por conta disso, principalmente porque a realidade escolar teve que se deslocar para um espaço completamente diferente. Portanto, o sistema educacional público precisou se reinventar para possibilitar o compartilhamento do conhecimento por meio das tecnologias digitais da informação e comunicação. Pensando nisso, descrevemos e indicamos possíveis usos para sete aplicativos e extensões, que permitem que alunos surdos aprendam por meio de atividades visuais contextualizadas. Concluindo, defendemos que o Brasil deve investir na pesquisa científica, no fortalecimento dos sistemas de ensino, nas ações de educação, na educação e formação continuada de professores e no desenvolvimento de políticas educacionais que atendam às novas demandas da educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheus Lucas de Almeida, Universidade Católica de Pernambuco. Recife – PE – Brasil.

Doutorando em Ciências da Linguagem pela Universidade Católica e graduado em letras português e inglês (2019) pela mesma instituição, especialista em metodologia do ensino de língua inglesa pela Faculdade de Educação São Luís (2019), mestre em linguística e ensino pela Universidade Federal da Paraíba (2021) e graduando em Letras-LIBRAS pela mesma instituição. Possui experiência com o ensino das línguas inglesa e portuguesa em cursos de idiomas, ensino básico e ensino técnico. Tem experiência na área de letras, atuando principalmente nos seguintes temas: língua inglesa, bilinguismo, tecnologias digitais da informação e comunicação (TDIC), educação de surdos e aquisição de línguas adicionais pela pessoa surda.

Publicado

03/11/2022

Como Citar

MORAES, A. H. C. de; ALMEIDA, M. L. de. Ensino na era da pandemia: tecnologias no ensino da língua inglesa para surdos. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e16402. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/16402. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais