Os níveis da linguagem

a teoria linguística de Eugenio Coseriu

Autores

  • Daniel Marra Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Campus Palmas, Palmas, Tocantins, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e16674

Palavras-chave:

Eugênio Coseriu, saber linguístico, competência linguística, níveis da linguagem

Resumo

Desde seus primeiros escritos de linguística geral, o linguista romeno Eugenio Coseriu, como o seu contemporâneo Noam Chomsky, ou mesmo Ferdinand de Saussure antes deles, delineou o conceito de conhecimento linguístico. Sua busca pelo refinamento desse conceito o levou a elaborar suas famosas distinções dos níveis da linguagem, que figuram entre suas contribuições mais importantes para a teoria linguística. Além de detalhar tais distinções, este artigo discute a visão do autor sobre a natureza, o conteúdo e a estrutura do conhecimento linguístico. Apresenta ainda algumas circunstâncias externas e internas a sua teoria que explicariam o desconhecimento generalizado de suas ideias no âmbito da linguística geral contemporânea, especialmente no mundo anglófono, diante de reivindicações recentes de que as contribuições originais de Coseriu poderiam ter dado um rumo diferente à linguística se meio século atrás o seu trabalho tivesse recebido a devida atenção. Finalmente, discute se Coseriu é um gênio negligenciado da linguística do século XX como frequentemente argumentam ex-alunos e devotos de sua teoria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

12/06/2023

Como Citar

MARRA, D. Os níveis da linguagem: a teoria linguística de Eugenio Coseriu. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 67, 2023. DOI: 10.1590/1981-5794-e16674. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/16674. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais