Linguagem inclusiva em contexto didático-digital

uma análise de ideologias linguísticas em videoaula e comentários on-line

Autores

  • Williany Miranda da Silva Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) — PB — Brasil.
  • João Vitor Bezerra Laurentino Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) — PB — Brasil. https://orcid.org/0000-0002-8023-1479

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e17251

Palavras-chave:

linguagem inclusiva, contexto didático-digital, ideologias linguísticas

Resumo

Este artigo objetiva identificar e analisar ideologia linguística subjacente ao tratamento teórico concedido à linguagem inclusiva em contexto didático-digital (videoaula e comentários on-line) de Língua Portuguesa, a partir de perspectivas teóricas da Linguística Antropológica (Irvine; Gal, 2000; Kroskrity, 2004), de teorias queer (Butler, 2003; Pinto, 2014) e da Linguística (Câmara Jr., 1970; Castilho; Elias, 2015). A justificativa desse estudo está no enfoque em contextos didático-digitais de larga audiência, enquanto espaços para difusão e embate de ideologias linguísticas que regulam publicamente a língua, tornando relevante a discussão empreendida. O contexto didático-digital pesquisado se dá pela publicação de videoaulas sobre linguagem inclusiva através do canal Português com Letícia, no YouTube. Considerando que os objetos empíricos estão inseridos na virtualidade com registros textuais e audiovisuais, a investigação é documental sob inspiração netnográfica. Os resultados apontam a existência de confronto entre ideologias linguísticas, uma em favor da linguagem inclusiva, outra apoiada numa perspectiva conservadora para o tratamento da língua. O embate entre ambas é tensionado por uma ordem prescritivista que anula variedades possíveis nos usos linguísticos para fins comunicativos e inclusivos, tomando como base percepções enraizadas e naturalizadas na mentalidade do senso do comum, desde a formulação dos ideais do colonialismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Williany Miranda da Silva, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) — PB — Brasil.

Doutora e Mestra em Letras, professora titular da Unidade Acadêmica de Letras e membro do Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, na área de Estudos Linguísticos.

Publicado

19/01/2024

Como Citar

SILVA, W. M. da; LAURENTINO, J. V. B. Linguagem inclusiva em contexto didático-digital: uma análise de ideologias linguísticas em videoaula e comentários on-line. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 67, 2024. DOI: 10.1590/1981-5794-e17251. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/17251. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais