Aspectos funcionais e estruturais da concordância verbal no português falado

Autores

  • Roberto Gomes Camacho

Palavras-chave:

Pluralidade, concordância verbal, verbo existencial, verbo apresentacional, topicalidade, funcionalismo, sociolinguística,

Resumo

Este trabalho examina alguns fatores lingüísticos da concordância verbal numa amostra da variedade culta falada da cidade de São Paulo. Os resultados mostram que a concordância verbal, uma regra variável, mesmo na variedade padrão, é governada por condições de natureza funcional e estrutural. De um ponto de vista funcional, observa-se supressão de pluralidade em verbos existenciais, de natureza apresentacional. De um ponto de vista estrutural, nem sempre o elemento nuclear do SN exerce o controle da concordância, mas o termo mais adjacente ao verbo. Essas observações conduzem a considerações mais gerais, de caráter teórico, a respeito da análise lingüística de fenômenos variáveis.

Downloads