Modernidade e o desprezo pela tradução como objeto de pesquisa

Autores

  • Rosemary Arrojo

Palavras-chave:

Estudos da tradução, teoria literária, modernidade, pós-modernidade,

Resumo

O principal objetivo deste trabalho é comparar as relações estabelecidas entre a teoria literária e os estudos da tradução e seus respectivos objetos de pesquisa. Os estudiosos das duas áreas, interessados em abordagens pretensamente objetivas e em organizar seu campo de atuação, têm deparado com a dificuldade de definir seu objeto de pesquisa e de delimitar sua área. Apesar de haver uma diferença em relação às metas que envolvem as expectativas de sistematização, os projetos de constituição de disciplinas autônomas associados à modernidade reiteram atitudes e concepções arraigadas no imaginário de uma cultura fundada a partir do ideal impossível da imortalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

ARROJO, R. Modernidade e o desprezo pela tradução como objeto de pesquisa. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 44, n. 1, 2001. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/4280. Acesso em: 26 nov. 2022.