Traição versus transgressão: reflexões acerca da tradução e pós-modernidade

Kanavillil Rajagopalan

Resumo


Este trabalho procura sublinhar as relações entre tradução e pós-colonialismo. Enquanto as teorias logocêntricas encaram o processo tradutório como simples transporte de conteúdos semânticos e pregam a fidelidade do tradutor como o maior princípio norteador, as teoria mais recentes, influenciadas por movimentos como o pós-estruturalismo e u pós-modernismo, entendem que a violência é inevitável em qualquer atividade tradutória e, por extensão, em qualquer atividade comunicativa. Previsivelmente, a atividade de tradução também se revela como poderosa nas mãos dos oprimidos em sua luta contra a opressão.


Palavras-chave


Tradução; transporte; transgressão; pós-modernidade; pós-colonialismo;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1981-5794