Fóruns online na formação crítico-reflexiva de professores de línguas estrangeiras: uma representação do pensamento crítico em fases na/pela linguagem

Autores

  • Cibele Cecilio de Faria Rozenfeld Universidade Federal de São Carlos

Palavras-chave:

Fóruns online, Pensamento crítico, Estágio supervisionado de língua estrangeira, Formação inicial de professores de línguas,

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar o recorte de uma investigação que focalizou a formação inicial de professores de língua estrangeira (alemão e inglês) e lançou luzes sobre os estágios obrigatórios do quarto ano, considerando a possibilidade que fóruns online de um ambiente virtual podem oferecer para a manifestação do pensamento crítico dos futuros professores. Analisamos os temas abordados e as mensagens de três fóruns, com base no conceito de pensamento crítico e no modelo teórico de Investigação Prática de Garrison, Anderson e Archer (2000, 2001). Para uma melhor compreensão das fases nas discussões dos tópicos, utilizamos o modelo dos autores, identificando também alguns marcadores discursivos característicos de cada uma delas, com base nos pressupostos da Linguística Sistêmico- Funcional (HALLIDAY, 1994) e nos tipos de movimentos conversacionais (moves) propostos por Eggins e Slade (1997). A partir dos subsídios teóricos selecionados e da análise dos dados, foi possível desenvolver um novo modelo e concluir que o fórum online pode ser considerado uma importante ferramenta para a manifestação do pensamento crítico de professores e para uma formação crítico-reflexiva, em um contexto marcado por especificidades da sociedade de informação.

Biografia do Autor

Cibele Cecilio de Faria Rozenfeld, Universidade Federal de São Carlos

Possui graduação em Letras, mestrado pela UFSCAR na área de Ensino e Aprendizagem de Línguas Estrangeiras e doutorado em Linguística pela Unesp, campus Araraquara. Atualmente é pós-doutoranda no Departamento de Letras da UFSCAR, participa do grupo de pesquisa LEETRA (Letramentos, Etnicidades e Estilo em Transição), atuando em diferentes projetos que envolvem o uso de tecnologias para o ensino e aorendizagem.

Downloads

Publicado

14/03/2014

Edição

Seção

Artigos Originais