O sistema posição-prática como categoria epistemológica: contribuições para análise de discurso crítica

Autores

  • Elaine Mateus UEL – Universidade Estadual de Londrina. Departamento de Letras Estrangeiras Modernas. Londrina – PR – Brasil.
  • Viviane de Melo Resende UnB – Universidade de Brasília. Departamento de Linguística. Brasília – DF – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-1509-1

Palavras-chave:

Análise de discurso crítica, Sistema posição-prática, Modelo transformacional da atividade social, Epistemologia,

Resumo

Estudos críticos do discurso têm se consolidado como instrumento importante no campo da crítica explanatória de práticas sociais. Este artigo propõe uma reflexão epistemológica em torno do diálogo transdisciplinar entre o Realismo Crítico – abordagem filosófica do funcionamento da sociedade proposta por Roy Bhaskar – e a Análise de Discurso Crítica na versão de Norman Fairclough – abordagem teórica do funcionamento social da linguagem e dispositivo metodológico para análise situada de textos, e, mais especificamente, aborda a relação entre estrutura, prática e ação social, tomando o sistema posição-prática como argumento epistemológico. A discussão teórica decorre de dois estudos situados: um que trata de posições híbridas e tensões entre posições objetivas previamente existentes e sua ocupação subjetiva no contexto de um movimento social; outro que trata de posições flutuantes em contexto de formação de professores/as de inglês, conforme texturizadas em subprojetos institucionais. O texto explora implicações da categoria sistema posição-prática no campo teórico, epistemológico e metodológico, e reitera o enquadre teórico de agência situada.

Biografia do Autor

Elaine Mateus, UEL – Universidade Estadual de Londrina. Departamento de Letras Estrangeiras Modernas. Londrina – PR – Brasil.

Professora Associada na Universidade Estadual de Londrina, doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com estágio na University of San Diego, Califórnia, USA, 2005. Pós-doutora em Linguística pela Universidade de Brasília. Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem, UEL.

Viviane de Melo Resende, UnB – Universidade de Brasília. Departamento de Linguística. Brasília – DF – Brasil.

Professora Adjunta da Universidade de Brasília, doutora em Linguística pela mesma universidade. Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Linguística e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional. Coordenadora do Núcleo de Estudos de Linguagem e Sociedade – NELiS (www.nelis.unb.br

Publicado

23/09/2015

Edição

Seção

Artigos Originais