Redes sociais e o ensino de literatura: uma reflexão sobre a noção de autoria

Maria Eneida Matos da Rosa

Resumo


O presente artigo intitulado “Redes sociais e o ensino de literatura: uma reflexão sobre a noção de autoria” tem como objetivo analisar e compreender as influências dos novos meios tecnológicos, através do uso indiscriminado de citações de autores nas redes sociais, tencionando verificar se é possível trabalhar com tal influência no incentivo à leitura na sala de aula. A pesquisa em questão examina o porquê de escritores como Caio Fernando Abreu e Clarice Lispector, objetos da pesquisa, serem tão populares em divulgações no “ciberespaço” e se existe uma motivação dos “leitores virtuais” pelos autores “preferidos” na internet, também fora desse espaço de navegação. Para isso será necessário tratar de conceitos relacionados ao ciberespaço, hipermídia e hipertexto em autores como Pierre Lévy, Umberto Eco, bem como a formação da leitura e do leitor, no que se refere ao uso do texto literário em sala de aula.


Palavras-chave


Redes sociais; Literatura brasileira; Ensino; Formação do leitor;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1981-7886
ISSN: 0101-3505