A manifestação do belo nas obras À rebours, de J.-K. Huysmans e Gramática expositiva do chão (poesia quase toda), de Manoel de Barros

Glaucia Benedita Vieira

Resumo


O texto literário tem diversos elementos à sua disposição, cabendo ao autor escolhê-los e utilizá-los de acordo com as necessidades que deseja suprir. O momento da escrita também influencia nessa escolha, já que cada movimento literário prioriza certos aspectos: ora se evidencia o relato da realidade, ora a liberdade da imaginação. Considerando que parte dos leitores associa a literatura a algo que transmita algum deleite, um dos importantes elementos para a escrita é o Belo. E o autor não precisa, necessariamente, deter-se à descrição de sentimentos, pois o Belo está presente, por exemplo, nas expressões artísticas e na natureza. É dessas duas fontes que os escritores J.-K. Huysmans e Manoel de Barros retiraram inspiração para elaborar suas obras, enfatizando diferentes temáticas de forma a ressaltar a presença do Belo em cada uma delas.

Palavras-chave


J;-K; Huysmans; Manoel de Barros; Belo;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 2526-2955