Madame Bovary e o realismo moderno de Flaubert

Maria Adélia Menegazzo

Resumo


O objetivo deste artigo é ler e analisar o romance de Flaubert, Madame Bovary, focalizando as inovações relacionadas com a forma espacial que mais tarde serão encontradas no romance moderno. O suporte teórico utilizado na discussão são as análises de Auerbach e Joseph Frank, bem como a pintura realista da segunda metade do século XIX.

Palavras-chave: Flaubert. Realismo. Impressionismo. Romance moderno. Forma espacial.

Palavras-chave


Flaubert;Realismo;Impressionismo;Romance moderno;Forma espacial

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 2526-2955