Teoria da complexidade, a hipótese da evolução por equilíbrios pontuados e a interpretação histórica de longa duração

Newton Paulo Bueno

Resumo


0 artigo propõe que o uso da abordagem da teoria da complexidade permite restabelecer o primado da análise de longa duração, como a de Braudel, sobre a tendencia atual de contemplar os processos históricos com base em uma perspectiva de curto prazo. Sugere-se que a idéia de evolução por equilibrios pontuados, diferentemente do que pensam os autores que seguem essa tendencia, permite explicar os processos de rápida mudança histórica, por exemplo, a primeira revolução industrial, como sendo produzidos pela mesma dinâmica geral que produz os longos períodos de estabilidade que dominam a historia da humanidade. Embora de modo muito preliminar, o texto procura finalmente extrair implicações da discussão para a nossa capacidade de produzir as condições requeridas para retomar a industrialização do Brasil e a conclusão é que para isso temos de repensar extensivamente nossas idéias sobre estratégias de desenvolvimento, com a finalidade de incorporar os princípios da teoria da complexidade.

Palavras-chave


Teoria da complexidade; interpretação histórica de longa duração; estratégias de desenvolvimento

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459