Ciências sociais e práxis do conhecimento

Javier Amadeo, Gonzalo Rojas

Resumo


A presente reflexão parte do diagnóstico de que hoje as ciências sociais atravessam uma crise de confiança epistemológica; as promessas que legitimaram o conhecimento científico não se realizaram sequer no centro do sistema. A partir deste diagnóstico surge a pergunta: é possível construir formas de conhecimento comprometidas com a condição humana e fazê-lo a partir da periferia? Acreditamos que é possível fazer isto, por uma parte restabelecendo o vínculo entre elaboração teórica e prática social, como elemento central de uma práxis do conhecimento, e por outra questionando os fundamentos da ciência hegemônica e propondo novas perspectivas para sua superação. O texto pretende desenvolver uma série de questões no sentido de contribuir para o desenvolvimento de uma teoria do conhecimento crítica, situada desde o ponto de vista político-ideológico e desde o ponto de vista geopolítico.

Palavras-chave


Marxismo; Epistemologia; Teoria do Conhecimento; Ciências Sociais;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459