Vozes e olhares de migrantes brasileiros na Europa

Autores

  • Glaucia Muniz Proença Lara Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Faculdade de Letras. Belo Horizonte - MG - Brasil. https://orcid.org/0000-0003-3813-1850
  • Beth Brait Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Faculdade de Filosofia, Comunicação e Artes. São Paulo - SP - Brasil. https://orcid.org/0000-0002-1421-0848

DOI:

https://doi.org/10.1590/1981-5794-e13961

Palavras-chave:

migração, narrativas de vida, brasileiros, Europa

Resumo

Apesar da migração, cada vez maior, de brasileiros para a Europa, pouco espaço tem sido dado para que tais indivíduos textualizem suas experiências de vida, uma vez que eles são, em geral, representados por “porta-vozes” oficiais (especialistas, agentes governamentais, entre outros) ou reduzidos a números e estatísticas. Na contramão dessa tendência, o presente artigo tem como objetivo examinar e comparar, à luz da Análise do Discurso Francesa (ADF), com incursões na Análise Dialógica do Discurso (ADD), três narrativas de vida de migrantes brasileiros que vivem ou viveram na França e/ou em Portugal e/ou na Inglaterra, a fim de apreender as representações (de si, dos outros, do mundo) que eles constroem no/por meio do seu dizer. Considerando que cada sujeito é único e seu relato, singular, os resultados obtidos revelam diferenças na forma de contar e avaliar a experiência migratória, mas permitem também apreender aspectos comuns, tais como a definição do Brasil pela falta: falta de oportunidades, falta de qualidade de vida, falta de uma situação política favorável, o que leva os sujeitos ao deslocamento e faz da Europa um “porto seguro” para eles, inviabilizando um projeto de retorno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glaucia Muniz Proença Lara, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Faculdade de Letras. Belo Horizonte - MG - Brasil.

Professora de graduação e de pós-graduação (mestrado e doutorado) da Faculdade de Letras/UFMG na área de Estudos Textuais/Discursivos.

Beth Brait, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Faculdade de Filosofia, Comunicação e Artes. São Paulo - SP - Brasil.

Professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUCSP, São Paulo, São Paulo, Brasil; Faculdade de Filosofia, Comunicação e Artes - FAFICLA, Departamento de Ciências da Linguagem e Filosofia; e da Universidade de São Paulo - USP, São Paulo, São Paulo, Brasil; CNPq.

Publicado

06/05/2022

Como Citar

LARA, G. M. P.; BRAIT, B. Vozes e olhares de migrantes brasileiros na Europa. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 66, 2022. DOI: 10.1590/1981-5794-e13961. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/13961. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais