A SEMIÓTICA DA NARRATIVA NA TELEDRAMATURGIA: O NÍVEL NARRATIVO EM A FAVORITA

Mario Abel Bressan Junior

Resumo


São poucas as pesquisas em relação à Semiótica da Narrativa aplicadas à teledramaturgia, por isso optou-se por essa temática na presente investigação. Na telenovela, as personagens desempenham funções importantes para o desencadeamento da narrativa, movendo as ações e construindo um processo de significação necessário para o entendimento da história. A semiótica da narrativa contribui para o entendimento neste processo de significação. Nela são identificados os níveis, Fundamental, Narrativo e Discursivo, responsáveis pelo percurso gerativo de sentido na narração. Diante disso, este estudo apresenta, com base no nível narrativo da semiótica da narrativa, descrito por Algirdas Julien Greimas, o sentido produzido pelas personagens Flora e Donatela, da telenovela A Favorita, exibida pela Rede Globo no ano de 2008. Após o estudo bibliográfico e descritivo realizado, tornou-se possível perceber que, diante das significações produzidas pela personagem Flora, o telespectador entendia que ela estava falando a verdade e era a heroína da história, fato que é revertido após a revelação da verdadeira assassina. 


Palavras-chave


Telenovela; Semiótica da narrativa; Greimas; A Favorita.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21709/casa.v10i2.5590



E-ISSN: 1679-3404