Anáfora, Epístrofe e Poliptóton: identificação de figuras de linguagem na música eletroacústica, no âmbito da retórica e da eloqüência, com base em significações do tipo "persuasão"

Jorge Antunes

Resumo


Este trabalho dá seguimento às pesquisas do autor no domínio da linguagem da música eletroacústica. A base do trabalho está na constatação prévia de que "o ato de ouvir música está sempre acompanhado de grafismos inconscientes que a mente e o intelecto praticam em espaços imaginários". Em uma primeira etapa da pesquisa foram estabelecidas as bases sonológicas de semantemas do tipo emoção forte e de novas unidades semânticas de conotação gráfico-espacial-temporal baseadas em recursos de linguagem voltados à comunicação. Aqui o objetivo voltou-se à busca do fenômeno da persuasão do discurso, ou seja, ao estudo da eloqüência na música eletroacústica. Concluiu-se da pertinência do estudo, através da identificação, no contexto musical
eletroacústico, de figuras de linguagem próprias da Retórica.

Palavras-chave: Retórica e persuasão. Semântica musical. Música eletroacústica.

Palavras-chave


retórica e persuasão; semântica musical; música eletroacústica; rethoric and persuasion; musical semantic; electroacoustic music.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21709/casa.v4i1.598



E-ISSN: 1679-3404