Ocupando o campus - uma análise sobre os universitários do MST

Emerson Dias, Paulo Bassani

Resumo


O artigo analisa como as influências históricas e sociológicas que permeiam os ideais das lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) são compreendidas pelo universitário sem-terra, este novo personagem sociológico que desponta como prova da resistência e da capacidade de reorganização das mobilizações do campo.


Palavras-chave


Movimentos sociais rurais; Educação; MST;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1982-4718
ISSN: 1414-0144

Licença Creative Commons
Revista Estudos de Sociologia by Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported License.