O remix e o haxixe: cultura popular e autenticidade na globalização

Autores

  • Michel Nicolau Netto UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas / Campinas - SP

Palavras-chave:

Romantismo, Pós-modernismo, Globalização, Autenticidade, Identidade,

Resumo

Vemos em nossa época um discurso – semelhante ao romantismo – que tende a contrariar os discursos universalistas em benefício das particularidades. Ao contextualizar esses discursos os insiro em uma relação mais ampla de poder permeada pelo processo de globalização, na qual a valorização pueril da cultura popular se mostra, na verdade, como uma faceta das novas formas capitalistas de apropriação econômica e simbólica da cultura.

Downloads

Edição

Seção

Artigos