Peronismo e oriegem dos operários na Argentina

Carlos R. Etulain

Resumo


O trabalho analisa a forma como os trabalhadores e os setores populares se inseriram no peronismo uma vez do seu surgimento, nos anos 40, na Argentina. Apontando para a adesão dos diferentes setores de trabalhadores argentinos, o artigo apresenta as posições dos investigadores do assunto. O período histórico se centra na primeira e segunda presidência de Perón (1946-1955).


Palavras-chave


Peronismo; Esquerda; Trabalhadores; Sindicalismo; Populismo; Trabalhadores Novos;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1982-4718
ISSN: 1414-0144

Licença Creative Commons
Revista Estudos de Sociologia by Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported License.